segunda-feira, 2 de abril de 2018

Estou em modo Estique Lapice



Um dos meus múltiplos hobbies é a mecânica automóvel. Gosto de fazer de Estique Lapice nos meus tempos livres. Por vezes, é o próprio destino (tão meu amigo!) que decide por mim, e dá-me um ou vários dias de puro… trabalho (e deleite). É o que está a acontecer presentemente, nesta cinzenta quadra pascal.
 Graças a uma oportuna avaria do meu mui estimado coche, estou confinado ao recato do meu lar (coisa que já tencionava fazer, por vários motivos). Mas o bichinho decidiu esmerar-se na estima que tem por mim: aguentou quanto pôde e só avariou mesmo no final do período. Quem gosta muito do dono, quem e?!


Avisou-me à saída de Mirandela. Aguentei-o em quarta até Braga e ajudei-o a milagrar até casa, levando-o a aceitar a segunda (com muito esforço) e a marcha atrás, para entrar na garagem (já à sobreposse). Agora… estou a operá-lo. Está todo esventrado: precisa de um kit de embraiagem novo. É o que tenho estado a fazer. Já desmontei todo o módulo da roda, removi o veio de transmissão e a caixa de velocidades, que também já limpei. Falta-me retirar o prato e o disco de embraiagem. Se não tiver surpresas negativas, estará tudo pronto (o terreno preparado) quando as peças chegarem à minha casinha, vindas do "reino" de Angela Merkel. Depois… logo se vê se o meu “bólide” volta à estrada pelo próprio pé. Podem começar a fazer figas! 
Podia publicar fotografias de bons pratos em restaurantes catitas, mas… a minha religião não me permite. Quando o “cérebro pedagógico” está de pousio, prefiro saciar as mãos.

3 comentários: