segunda-feira, 19 de março de 2018

Resolvi ir ver



Resolvi ir ver se está a chover em mim além, no lugar fronteiro ao lado de lá, ou seja, no lugar oposto ao oposto do lugar onde que me encontro. Não me parece ser uma constatação que exija muito tempo, mas sempre tem o seu quê. Enquanto não… dou folga ao meu pensamento, que me anda a doer que se farta. Talvez até arranje uma migalha cronológica para embriagar esta estúpida lucidez, que só me traz frustrações e voluntários ostracismos.
Enfim, vou ao cimo daquela montanha que fica defronte da montanha que tenho diante de mim, a ver se solto lá um uivo e me consigo ouvir aqui. Penso que me fiz… "estender"!

3 comentários:

  1. PARA EVITAR EQUÍVOCOS

    Esclareço que o “silêncio” temporário do Quadro Negro não se deve ao período de luto por que estou a passar. Este pequeno "post" foi publicado dez horas antes de ter recebido essa negra notícia. Jamais usaria este tom numa circunstância como esta.

    ResponderEliminar
  2. Um muito forte abraço de solidariedade, respeito e sentidas condolências!

    ResponderEliminar
  3. Muito obrigado, Ricardo!
    És um colega ímpar, em vários domínios.

    ResponderEliminar